Total de visualizações de página

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Êxodo Rural das Nações Originarias para os grandes centros urbanos? - O Índio NÃO vem para a cidade, a cidade (Estado) é que veio para o Índio

  • Via: Movimento Indigena

    Fonte: internet


    “Em 1500, 22 de abril apareceu nestas terras em que hoje é chamado Brasil, os primeiros jurua kuery (não índios)”. Eles vieram de um lugar muito longe daqui, chamado Portugal.
    Mas a chegada de Pedro Álvares Cabral e seus amigos não foi nada bom para nós que somos chamados de índios.
    É, os nossos antepassados indígenas receberam os portugueses muito bem, só que eles não imaginavam que naquele momento se dava o início da destruição e que o interesse deles eram na verdade outras coisas, explorar e roubar todo nosso imenso território.
    Sendo assim para os jurua kuery, como eles mesmos dizem: 22 de Abril é o dia do descobrimento do Brasil. Mas para nós indígenas não, porque esse é o dia da Invasão dos Portugueses no Brasil.
    Antes de eles invadirem aqui, toda essa terra tinha dono, de varias Nações que aqui viviam, mas hoje tudo é diferente, sei que no Brasil temos muitos problemas por falta de terra, algo que a sociedade nunca entendeu, e agora podemos dizer que vivemos num País que já foi nosso. Não adianta dizer que o índio é os verdadeiros donos dessas terras, se na verdade, para conseguir demarcar uma terra, é a coisa mais difícil, pois muitos políticos e fazendeiros lutam contra. “ (Olivio Jekupe)
    Desde o ano de 1500 contam uma ESTÓRIA linda para as crianças onde se diz que os portugueses chegaram aqui rezaram uma missa junto com as Nações Originarias e todos foram felizes para sempre.
    Até quando vamos ensinar esse tipo de mentira nos livros desde o ensino fundamental para nossos filhos?
    É correto as Nações Originarias serem escravas e marginalizadas há 513 - a RESISTÊNCIA INDÍGENA CONTINENTAL está no Ano 521 - anos dentro de suas próprias terras?
    Os Estados português e brasileiro são mentirosos e não reconhecem seus crimes contra nossas Nações!
    A História Verdadeira
    “O Índio NÃO vem para a cidade, a cidade (Estado) é que veio para o Índio.” (Cacique Jair Miranha)
    Até 1492 antes da INVASÃO DA AMÉRICA todo o continente americano era uma grande terra onde viviam as Nações Originarias, onde cada Nação vivia conforme suas tradições, usos e costumes passados de geração a geração por cerca de 70 mil anos. Com a chegada dos europeus tudo mudou! Devido a ganancia, a ambição pelo poder e pelo dinheiro houve guerras e mais guerras, estupros de nossas mulheres, inclusive usaram os irmãos para combater contra os próprios irmãos nativos, fato que ocorre até os dias atuais quando cooptam um parente para oprimir outros parentes. Tentaram nos escravizar e não conseguiram. Tentaram de todas as formas nos exterminar e não conseguiram. Tentam nos varrer como se varre um lixo para debaixo do tapete querendo nos esconder longe do litoral brasileiro, mas jamais conseguiram fazer isso. Vivemos como uma espécie de fantasmas reais só que temos carnes e ossos, todos sabem que existimos mas poucos se importam. Muitos se dizem cristãos e pregam a Bíblia Sagrada e ao mesmo tempo fazem vista grossa, enquanto isso, nossas Nações Originarias vivem como o povo de José filho de Jacó quando se tornaram escravos por cerca de 400 anos no Egito, sendo que nós, estamos há 513 anos vivendo como ESCRAVOS só aqui no Brasil. Somos escravos dentro de nossas terras tendo que aceitar todos os tipos de mazelas contra nossa gente.
    O Direito Positivo
    Trouxeram a forma do Direito Positivo onde se diz que só vale o que esta escrita nas Leis e mesmo assim muitas Leis não valem e não funcionam e quando funcionam são somente para prejudicar os pobres. Quando viviam nessas terras só as Nações Originarias as Leis e os acordos eram feitos na palavra, ou seja, a Palavra era Lei e nossos antepassados por confiarem na palavra dos europeus decaíram em miséria e desgraça, pois, eles jamais foram homens de cumprir a palavra. O direito só vale para quem tem poder e dinheiro para protelarem até os processos prescreverem. Roubam as viúvas e os órfãos . Usurpam as famílias. Justiça só a do Grande Espírito. A sociedade hipócrita segue sempre o dito: “Aos meus amigos os favores da lei, aos meus inimigos os rigores da lei.” Criam leis do “Nada pode” fumando maconha em Copacabana e querem usurpar de nossa culturas milenares nos proibindo de nosso modo de vida, já que fazem tais leis esdruxulas porque ao invés de só proibir não arrumam formas de fomentar o manejo de caça, pesca e arvores!? Criam programas eleitoreiros tipo os bolsas isso e aquilo que não servem para nada além de acostumarem as pessoas no ócio. Na região norte existe um programa chamado Bolsa Floresta onde pagam R$ 50,00 por família, só uma botija de gás (Não pode cortar arvores) custa lá na floresta cerca de R$ 45,00 e sobram míseros R$ 5,00 para uma família que chega até ter cerca de 15 pessoas passarem um mês inteiro de fome já que não pode caçar e nem pescar também sendo as pessoas passíveis de prisão se assim o fizerem. Até quando teremos nós que aguentar esse tipo de pessoas maléficas ao mundo?
    Conceito de Nação
    Ensinam nos cursos de graduação em direito que a Nação é uma só, ou seja, é Una, só existe uma Nação brasileira, MENTIRA, existem dentro da Nação brasileira outras 305 Nações }(ou mais) com Idiomas falados e escritos. Se o conceito de Nação é ter povo, terra e idioma as Nações Originarias preenchem os três requisitos.
    Getúlio Vargas, O Genocida.
    Por cerca de 400 anos quase nos esqueceram de certa forma nos tornando invisíveis longe do litoral brasileiro, até que apareceu no Brasil um criminoso que com um Golpe de Estado virou presidente da república chamado Getúlio Dorneles Vargas que com sua politica gananciosa implantou a tal de expansão agrícola e pecuária no Brasil e nos anos de seus governos aumentou a fronteira do agro negocio na base da bala, do sangue, dos estupros e perseguições contra nossas Nações tomando nossas terras e doando a seus apadrinhados políticos (Ministros, Governadores, Senadores, Deputados, Prefeitos, Empresários e a outros Bandidos de sua quadrilha) em vários Estados deste País. Daí explica-se hoje em dia quando vemos no noticiário dos Jornais Nacionais das Redes de Tvs as reocupações ou desintrusões de fazendas que foram roubadas de nossas Nações Originarias com processos na Justiça que já se arrastam há mais de 70 anos.
    Nossa indignação é aparente quando desdenham de nossa gente usando de meios torpes para nos retirar de nossas terras e construírem hidrelétricas como pano de fundo para a extração de minérios. Somos lamentavelmente mendigos ricos, pois dormimos sob as jazidas de: gás, petróleo, ouro, prata, bauxita, caceterita, diamante, manganês e outros... e não podemos usufruir de nossas próprias riquezas que o Grande Espirito ("Deus") nos deixou como herança.
    O modelo de Demarcação de nossas Terras precisa mudar. A Constituição Federal de 1988 diz que as demarcações de terras indígenas seriam feitas em cinco anos e já se passaram vinte e cinco e poucas ou quase nenhuma foram homologadas. O atual modelo de demarcação de terras para nossas Nações precisa ser revisto, mas para nos beneficiar e não para nos prejudicar como pretende fazer o Congresso Nacional com a criação das PECs 215 e 237, ambas retiram atribuições do Poder Executivo e entregam de bandeja para a Bancada Ruralista fazer o que bem quiser com nossas terras. Precisamos avançar tendo como modelos as Constituições Federais do Canadá e da Austrália onde ambas reconhecem como Nações Originarias nossa gente e não como aqui no Brasil que somos chamados de povos, reconhecem também nossos idiomas (Não dizem que são dialetos) e temos nossos direitos garantidos consignados pela Resolução 169 da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e concedem a titulação definitiva e domínio sob as riquezas do solo e subsolo. Não somos povos, somos 305 Nações Originarias (ou mais ...) só aqui no Brasil com cerca de 270 Idiomas falados oriundos de 175 troncos linguísticos e cada Nação tem seus territórios, costumes e tradições diferentes das demais Nações. Antes éramos cerca de 12 milhões em todo território brasileiro que fez suas fronteiras com rios do nosso sangue, hoje devido ao GENOCIDIO somos cerca de apenas 817 mil declarados segundo dados do IBGE devido ao mal trato contra nossa gente.
    "Esse Brasil é muito injusto com os nossos índios. Um país que não respeita e não valoriza sua cultura e seu povo. O homem Branco (como os índios chama os "civilizados") toma o que é do índio de direito e querem ser donos da Terra sendo que essa Terra é mais do índio do que do homem Branco. É uma injustiça que o governo (Estado) faz com os índios brasileiros. O índio não faz invasão de terra ou coisa parecida ele ocupa; O índio só toma conta do que é seu por direito herdado de seus antepassados. A terra que hoje é de fazendeiro na verdade é do índio. A diferença é que o homem "civilizado (fazendeiro)" tem documento escrito afirmando que a Terra é sua mas não é; A terra é do índio; Nós que reocumos o que é deles... Brasil com o Governo atual é um País que não respeita o velho, não educa o jovem e não oferece uma vida digna ao Pobre. Por isso que é um país corrupto e com leis frouxas." ( Rafael Junior)
    Formas de Resistência No começo a forma de resistir era guerreando, depois vendo que não tinha como vencer as guerras começamos a fugir, durante um período de tempo muitas Nações Originárias se uniriam com os europeus para guerrear contra outras Nações Originárias, depois vem a luta pelas demarcações de terras (Até hoje não ouve avanço), e no momento atual nossas Nações Originarias migram para as cidades (Estado) devido ao descaso por parte dos governos com nossas aldeias para estudar nas faculdades e serem conhecedores das leis e das técnicas necessárias para ajudar nossa gente tão sofrida e levar assim condições de vida melhor aos nossos parentes em todo território brasileiro.
    Observação: Todas as cidades Estado do continente americano foram fundadas ao redor de uma aldeia das Nações originarias, logo, o índio não vem para cidade, a cidade (Estado) é que veio para o índio. Vida longa às Nações Originarias com as Bençãos do Grande Espirito!!

2 comentários:

  1. O Deus dos brancos é terrível. Ele matou o próprio Filho para que? Vivem dizendo que Ele é o Pai. O pai que bate e espanca a criança sem motivo nenhum. O pai que mata os filhos que teve com prostitutas. Enfim o Deus deles é um Pai branco. E ninguém nunca me provou o contrário. Tudo o que foi escrito neste site é a mais pura verdade. E eu odeio a civilização. Porque é hipócrita e tirana.

    ResponderExcluir
  2. O Deus Universal enviou o Cristo para tentar ensinar alguma coisa espiritual para aqueles povos de coração duro, mas eles o crucificaram e poucos entendem o que ele transmitiu: "Meu Reino não é desse mundo", dizia, mas essas pessoas acham que só na Terra vão conseguir encontrar a felicidade.

    ResponderExcluir